Seni Vai De Viagem

GRANDE HOTEL DAS CALDAS DA FELGUEIRA

Depois de uma semana de trabalho intenso, nada melhor do que chegar ao final de semana e partir… e como eu gosto de partir!!

Desta vez parti em direcção a norte, a Caldas da Felgueira. Isolada no meio do vale do Alto Mondego, a 25 km de Viseu, encontra-se a 220 metros de altitude, enquadrada pelas serras da Estrela, do Buçaco e do Caramulo, a Felgueira pertence ao concelho de Nelas.

Fiquei hospedada no Grande Hotel das Caldas da Felgueira, um hotel histórico com mais de 100 anos que detém uma Estância Termal (iiieyyyy!!).

O Centro Termal da Felgueira dispõe de modernas e amplas instalações e está vocacionado para o tratamento de doenças do foro respiratório, como asma, bronquite, rinite, sinusite, e também do foro Músculo-Esquelético, como a osteoartrose e a reabilitação articular e muscular com bons resultados nas artropatias traumáticas, particularmente no pós-operatório ortopédico, mas não só, também é vocacionado para a estética e beleza com programas de bem-estar. E eu, apesar de fumadora, sofro de bronquite crónica, além da querida sinusite que me acompanha desde sempre, e está quase na altura do ano da dita cuja me atacar, causando-me dias e noites incómodas, com tosses, dificuldade em respirar, cansaço extremo, etc. Então nada melhor que tirar um fim-de-semana de descanso e privilegiar a saúde!! Chego com uma recepção fantástica, e vou rapidamente jantar, quando para meu espanto percebo que no menu só existe comida saudável!!

Fico logo de sorriso de orelha a orelha, o estômago e corpo agradecem! De seguida aproveito um pouco do concerto dos Vitor Blue um grupo de Jazz de fusão do Porto (são maravilhosos!!! Vale muito a pena pesquisar por eles, e ouvi-los).

Apanhei o fim-de-semana do Ciclo Termal – Viva Termas Centro, um ciclo que passará por 22 centros termais em Portugal com várias actividades. Acertei na mouche!!

Depois de uma noite muito bem dormida, mas que soube a pouco porque o cansaço é muito, acordo com uma fome de leão, ou melhor, leoa, e devoro o mega pequeno-almoço para depois ir fazer um trail com guia pela localidade, fico mais próxima da natureza conhecendo um pouco da história da terra. Sabiam que aqui se refugiaram mais de 100 alemães depois da II Guerra Mundial?! (As mulheres e crianças, familiares de altas patentes, não foi só para a Argentina que fugiram). E com tudo pago pela PIDE! Viva o luxo!

Depois da caminhada, fui fazer uma visita pelas Termas para perceber que tratamentos são feitos e como são aplicados. Fiquei literalmente maravilhada com o Centro Termal, e bastante surpreendida pelos resultados que apresentam. E ainda mais surpreendida fiquei quando algumas pessoas que me seguem no instagram responderam aos stories contando-me que já cá estiveram e que foi aqui que recuperaram de problemas respiratórios!! Vou-vos falar das termas num próximo artigo, porque tenho tanto para dizer!!

Depois de uma visita recheada de boa informação, almoço (é de reparar que o Hotel tem uma cozinha saudável, poderemos optar por uma gordice, mas o geral é uma dieta equilibrada, o que acho maravilhoso!) – As sobremesas são de morrer!!!

Aproveito depois de almoço ir explorar um pouco os terrenos do hotel, eles têm também apartamentos, mini-golfe, espaços para crianças brincarem, court de tênis, etc, e encontrei o quê?! Uma Cascata!! Não é muito grande mas é muito bonita!! E fica mesmo junto à margem do Mondego, o que nos oferece vistas fantásticas! Sigo para o Hotel para desfrutar do piscinão, que é enorme, tem prancha de saltos e tudo!!

É tão agradável estar na piscina e no meio da natureza! Aqui a sensação térmica é de 45 graus ahahah, não tinha imaginado que fosse tão quente, a piscina é um mimo para este calorzão!

Porque o dia não acabou aqui, vou a uma actividade do Viva as Termas na Quinta da Fata (agroturismo), para conhecer a Quinta, a sua história e os seus vinhos. É discutível quais os melhores vinhos de Portugal, do Douro, Dão ou Alentejo, mas seja dita a verdade, os do Dão são verdadeiramente bons, e eu gosto muito deles porque são mais suaves, e o Tinto da Quinta da Fata é delicioso! Aproveitei para levar umas quantas garrafinhas para minha casa e para oferecer!

Volto ao hotel, tomo um mega banho, janto assisto a mais um concerto integrado no Ciclo Viva as Termas e por fim, descanso da guerreira 😀 Ah… mas o fim-de-semana não seria para descanso?! Simmmm!! Então domingo entreguei-me às termas, comecei logo de manhã com vários tratamentos. infelizmente precisaria de tempo para poder fazer algo mais à seria, em termos de terapêutica especificada, neste caso como é pouco tempo terei que experienciar de forma relaxante, como hidromassagem, tratamento Vichy, mas antes destes tratamentos, fiz uma aula de hidroginástica…. genteeeee!!!! Nunca pensei que fosse tão puxada! Saí de lá com os braços a tremer, e eu estou habituadíssima a fazer exercício como sabem.

Depois de uma manha relaxante, fui almoçar, e pensei… vou aproveitar esta mega piscina novamente, mas… o que fiz eu?? Meti-me no carro e toca a explorar, percebi que existiam mais cascatas por perto, o meu perto é relativo, ficavam apenas a pouco mais de 50km ahahah. Se quiserem saber mais sobre as aventuras vividas com fotos incluídas deixem comentários aqui neste post, assim farei um artigo sobre as cascatas e locais a visitar!

Voltei ao hotel, para descansar mais um pouco, foi-me difícil ter que deixar este hotel… é tão giro e grandioso! Apesar de ser um hotel centenário, está em fase de remodelação e a nova decoração é lindíssima, um romântico contemporâneo, que me deixou apaixonada, este é muito o meu estilo decorativo!! As partes antigas ainda visíveis deixam-nos a percepção da grandeza e luxo do hotel centenário, (daí se chamar Grande Hotel das Caldas da Felgueira), percebi que há imensos jovens a frequenta-lo, casais, grupos de amigos, portugueses e estrangeiros, tal como famílias (numerosas – tipo 30 pessoas – dos avós aos netos) ao que me dei conta que têm o hábito de fazer longas férias todos juntos no hotel (sabem as antigas famílias nobres da aristocracia? Foi isso que me fez lembrar!) – chiqueza meus amores!

Deixo-vos aqui umas fotos dos fantásticos quartos, percebem porque não queria sair daqui?? A cama era de morrer – é algo a que dou imensa importancia, não gosto de ficar com as costas partidas com as camas dos hoteis, e dormi que nem uma bebé – mega aprovada!!

 

Deixo também aqui um mega programa que o Hotel & Termas em conjunto com a CP Portugal esta a promover para festejar os 135 anos de ligação.

A ligação entre o comboio e as termas é histórica  passados 135 anos a CP e as Termas da Felgueira oferecem um Programa de Edição Limitada – 135.

Entra no Comboio, viaja em 1ª Classe até Nelas onde serás recebida/o com um grande sorriso. A partir daqui será uma experiência única de degustação, de sabores e de sensações.

O valor do PROGRAMA é de 135€, por pessoa e inclui:

–  VIAGEM em comboio Intercidades Lisboa / Nelas e regresso, em 1ª Classe;

– TRANSFER no dia de chegada e partida: Nelas / Grande Hotel Caldas da Felgueira / Nelas;

– 02 Noites de ALOJAMENTO em quarto Duplo Conforto;

– Regime em PENSÃO COMPLETA;

– MIMOS DO SPA (1 x Hidramassagem com Água Mineral Natural, 1 x Duche Massagem Vichy e 2 x Sessão de Piscina Termal).

Está disponível até 16 de Novembro, nos postos de venda CP Lounge e loja CP Rossio.

Informações – 232 941 740 ou hotel@termasdafelgueira.pt

 

 

  Av. Antonio Marques

Caldas Da Felgueira, Viseu, Portugal
  +351 232 941 740

The author: seni

"Enquanto muitos viajam para fugir, ela viaja para se encontrar, é como se os lugares conhecessem partes da alma dela, partes que ela ainda não conhecia."

4 Comments

  • Seni conta-nos como foi o resto da viagem por onde andas-te que pelas fotos que postaste no instagram pareceu ser muito giro!! E já agora como foi a experiencia nas termas, se vale a pena. Beijinhos!!

  • Quais são os tratamentos que aconselhas fazer em termas? Gostava de saber se há alguma contra-indicação relativamente às termas e tratamentos que tenhas feito. beijokas e parabéns pelo artigo!

    • Ahhhh!! Acabei de descobrir o teu blog!! E já me apaixonei pelas fotos da Cascata do Ribeiro dos Cadeados!! Tenho que ler tudo com calma! Ahahah Esta semana ainda vai sair o artigo das cascatas!! 😀 O Hotel está a ser todo remodelado e está giríssimo!! Amei! Quero voltar lá mas desta vez para passar uma semana e aproveitar melhor as termas!! Beijinhos!

Leave a Reply