Oh, Mãeee!

PAPÁ… É PARA TI!

O Dia do Pai está a chegar e já anda tudo a pensar no que os filhotes vão oferecer aos papás!Eu estou super tranquila! E não, não é por estar separada dos pais das minhas filhas e supostamente não ter o dever de os presentear, mas sim porque tenho a minha ideia muito fixa em relação a isso, assim como ao Dia da Mãe, dos Avós, etc, etc.

O presente do dia do Pai tem que ser algo especial, algo oferecido e criado pelo seu filho/a, e por isso, as minha filhas têm de criar o presente, quer seja na escola ou em casa. Claro que ainda são pequenas e têm essa criatividade toda, mas até quando crescerem, serei sempre aquela mãe que irá dizer: Já fizeste o presente para o teu pai? O dinheiro que juntaste deu para comprares o que querias para o teu pai?

Tem que ser uma coisa do coraçãozinho e da cabeça delas, pois mais do que ninguém, só os filhos conseguem representar em algo palpável, o que sentem por nós, o que significamos para eles e o que representa a nossa relação.

Há algo mais lindo do que um desenho criado pelos nossos filhos de 4 anos? E as colagens? E o nome assinado pela primeira vez? E os quadros, projetos, presentes do Chinês, que os filhotes de 11 anos nos oferecem e que tudo passa pela imaginação deles?

Dias como este, são dias de amor, dias de emoção, dias de gratidão e admiração… Dias (como todos os dias) de admirar os nossos filhos e sorrir junto com eles! De nos orgulharmos deles! Dias como este, não deveriam ser “negócios” e sim emoção.

Por isso… Papás… segurem o coração que as meninas arrasaram!!!

The author: marta

" (...) tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna."
Leave a Reply