Oh, Mãeee!

HAJA PEIXE!!!

Muitas vezes, nós mães, chegamos ao fim de semana e pensamos: “O que vamos fazer de diferente estes dias com os miúdos?”. Porque não irem ao Oceanário e fazer um passeio fantástico de teleférico?

A Kyara não gosta muito de peixes, logo, para a tirar de casa foi difícil, mas quando lá chegou foi o meu “castigo”. Tudo o que via e que minimamente se mexia com bolhinhas, ela pedia para levar para casa (mesmo que ficássemos sem banheira para lá pôr os bichinhos todos). Dizia ela que nós ficávamos com o “bidé”. Ok filha, tu cabes lá, mas eu não!

A Yasmin amou de paixão. As cores, os animais, as histórias e até os cheiros. Tudo o que ela via, arregalava aqueles olhos lindos e dizia no seu sotaque brasileiro: “Maaaêê, porrrrrr favô, deixa eu levá a lontrinha pra nossa casa?”. Menos Yasmin, muito menos!

Peixes, peixinho e peixões… Haja tanto peixe para ser ver e quase que nos fazem dar uma volta ao mundo por todos os oceanos e climas!

Ali dentro as horas passam a correr, a miudagem diverte-se de uma forma especial: ficam a saber imensas coisas ao mesmo tempo que brincam e saem de lá com uma energia fantástica. E por isso mesmo, porque queremos repetir várias vezes, tornámos-nos parte da família Membership do Oceanário de Lisboa, contribuindo assim para a preservação dos oceanos e para a mudança de comportamento perante esta realidade, que às vezes é completamente alheia à nossa vida.

Depois dali, passeio rápido e super acessível de teleférico (vai e volta, porque a mãe está velhota e não pode andar muito). Ali de cima a vista é fantástica e mais uma vez as crianças amaram e sentiram-se “super poderosas”. E ainda bem que fui agora porque a Kyara mais uns meses já paga (vá, as mães vão partilhar comigo esta satisfação, certo?)

E assim, em apenas uma manhã, fizemos algo super diferente do nosso habitual, contribuímos para uma boa causa e elas chegaram a casa bem cansadas e satisfeitas para uma boa sesta!

E eu aqui estou… de pernas para o “ar”, a ver as minhas séries de tv e com o coração cheio por saber que elas estão felizes!!!

The author: marta

" (...) tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna."
Leave a Reply